“Meu marido era ateu que praticava amor”, afirma mulher em velório de Ricardo Boechat

meu marido era ateu que praticava amor afirma mulher em velorio de ricardo boechat - "Meu marido era ateu que praticava amor", afirma mulher em velório de Ricardo Boechat

 

O site de notícias UOL, em São Paulo, informa que o velório do jornalista Ricardo Boechat, que morreu nesta segunda-feira (11) após um acidente de helicóptero, foi marcado por muita emoção.  A mulher do jornalista, Veruska Seibel, segundo o UOL, chegou à cerimônia, realizada no Museu da Imagem e do Som (MIS), acompanhada pelas duas filhas: Valentina, 12, e Catarina, 10 Quem também estava com ela foi Dona Mercedes, mãe de Boechat. “Obrigada pela força”, declarou Veruska aos jornalistas.

“Eu quero falar que meu marido era o ateu que praticava o mandamento mais importante, que era do amor ao próximo. Nunca vi alguém se preocupar a ajudar tanto todo mundo. Agora ele é nosso anjinho. Que Deus me ajude com as nossas filhas. Minha ficha ainda não caiu”, acrescentou.

Os outros filhos de Boechat chegaram em uma van cerca de dez minutos depois, mas evitaram conversar com a imprensa. O empresário Abílio Diniz, cujo filho mais velho sofreu em acidente de helicóptero em 2001, foi um dos primeiros a chegar ao velório. Ele estava acompanhado da mulher, Geyse Marchesi.

Por volta das 23h20, o corpo de Ricardo Boechat chegou em um carro do serviço funerário da prefeitura de São Paulo. O caixão foi levado por familiares até o salão onde acontece o velório no MIS O velório acontecerá até as 14h desta terça. Em seguida, o corpo será cremado em cerimônia reservada. A Band não informará o cemitério a pedido da família do apresentador.

O jornalista e apresentador do Jornal da Band, Ricardo Boechat, de 66 anos, morreu na tarde desta segunda-feira. Ele estava em um helicóptero que caiu sobre um caminhão no km 22 da rodovia Anhanguera, no sentido Jundiaí, próximo ao pedágio Jardim Jaraguá, na Grande São Paulo, por volta do meio-dia de hoje A morte de Boechat, aos 66 anos, foi confirmada ao vivo, na Band, pelo apresentador José Luiz Datena. O piloto, Ronaldo Quattrucci, que tentava fazer um pouso de emergência quando a aeronave foi atingida por um caminhão, também morreu no acidente. Pela manhã, Boechat havia participado de um evento de um laboratório farmacêutico em Campinas e retornava para o heliponto.

 

 

Fonte: UOL, em São Paulo

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: