Maranhão parabeniza a Capital do Sertão pelos 116 anos de emancipação política

maranhao parabeniza a capital do sertao pelos 116 anos de emancipacao politica - Maranhão parabeniza a Capital do Sertão pelos 116 anos de emancipação política

“O sol de Patos aquece as ideias dos seus habitantes”

 

 

O senador José Maranhão (MDB) parabenizou, nesta quinta-feira (24), a cidade de Patos, pelos 116 anos de emancipação política. Segundo o senador emedebista, conhecida como a “Morada do Sol” e “Capital do Sertão”, a cidade de Patos também se destaca por ser um centro de prestação de serviços no comércio, na saúde e na educação, que polariza cerca de 80 cidades da Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Ceará, com influência que se estende aos outros Estados nordestinos (Piauí, Maranhão, Alagoas, Sergipe e Bahia).

“Patos também se destaca por sua vocação para o turismo religioso e para as festas populares do mês de junho (Santo Antônio, São João e São Pedro)”, destaca o senador José Maranhão. As paisagens serranas do Planalto da Borborema, que circundam a cidade, segundo ele, são das mais belas do Nordeste.

São paisagens inigualáveis”, acrescenta o senador, que, quando foi governador presenteou a cidade com uma adutora que leva água do Rio Piancó, na altura da cidade de São Bentinho, até o Vale do Sabugi, contemplando as cidades de Santa Luzia e São Mamede. Agora, o senador luta no Congresso para incluir o rio Piancó no projeto da transposição de água do rio São Francisco.

Trata-se do terceiro eixo da transposição para a Paraíba, para contemplar além de Patos, as cidades vizinhas, as cidades polarizadas por Pombal e Santa Luzia. Isso levando em conta a recarga dos açudes Coremas e Mãe D’água e a consequente perenização dos rios Piancó e Piranhas/Açu, que adentra ao Rio Grande do Norte, assegurando água para consumo humano em várias cidades do Estado vizinho.

No segmento do turismo religiosos, a cidade de Patos é conhecida pela atração de romeiros para o Parque Cruz da Menina, um monumento construído pelo Governo do Estado, na gestão de Ronaldo Cunha Lima (1991-1994), que atendeu pedido do então deputado Edvaldo Motta em homenagem à memória da menina Francisca, que foi brutalmente assassinada no ano de 1923 e teve seu corpo jogado sobre pedras, fora da cidade. Ainda no tocante ao turismo religioso, Maranhão destaca em Patos, a Festa da Padroeira, Nossa Senhora da Guia (14 a 24 de setembro) e a Festa de Pentecostes, que fazem parte do calendário de eventos da Paraíba.

senador jose maranhao apoia projeto que impede a permanencia de parlamentares sem partido 300x200 - Maranhão parabeniza a Capital do Sertão pelos 116 anos de emancipação políticaO senador também se referiu ao crescimento dos setores industrial, da construção civil e imobiliário da Capital do Sertão. “Tenho um carinho todo espacial pela cidade de Patos, a terra de políticos (homens e mulheres) de caráter ilibado, como Ernani Sátyro, Edvaldo Motta, Bivar Olintho, Padre Vieira, Padre Levi, Múcio Sátyro, José Cavalcanti, Rivaldo Medeiros, Francisca Motta, Maria Esther Fernandes, Geralda Medeiros, Elvina Caetano e Socorro Marques, “entre outros e outras que lutaram politicamente pelo engrandecimento da nossa querida Capital do Sertão”, frisou o senador, destacando que o sol de Patos (trra dos índios Pegas e Panatis) “aquece as ideias dos seus habitantes”.

 

 

Fonte: Assessoria

Fotos: Divulgação e Senado Federal

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: