Engenheiros debatem o desenvolvimento nacional e os rumos da categoria no próximo triênio; Crea promove congresso de profissionais em julho

engenheiros debatem o desenvolvimento nacional e os rumos da categoria no proximo trienio crea pb promove congresso de profissionais no inicio de julho - Engenheiros debatem o desenvolvimento nacional e os rumos da categoria no próximo triênio; Crea promove congresso de profissionais em julho

A engenharia está presente em todas as áreas da nossa vida. Da água que bebemos aos dispositivos eletrônicos que utilizamos diariamente, há o trabalho de engenheiros e profissionais das geociências. Nos países emergentes, como o Brasil, esses profissionais são indispensáveis para a ampliação da infraestrutura e para a resolução de problemas de caráter econômico e social.

Com o objetivo de pensar o papel da Engenharia no desenvolvimento regional e nacional, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia da Paraíba (Crea-PB) promove, nos dias 9 e 10 de julho, em João Pessoa, o Congresso Estadual de Profissionais (CEP). Realizado a cada triênio, o evento oferece aos profissionais da categoria oportunidades para a avaliação, debate e definição de estratégias, planos e programas de atuação em suas áreas, por meio de propostas de mudanças nos normativos que regulamentam o exercício da profissão.

É o que explica o presidente do Crea-PB, Antonio Carlos de Aragão. “Os eventos que realizaremos debaterão 5 importantes eixos temáticos, que são as inovações tecnológicas, os recursos naturais, a infraestrutura, a atuação profissional e a atuação das empresas de Engenharia”, explica o engenheiro civil, que complementa: “O Crea integra um sistema profissional criado há 85 anos por Lei Federal. Por isso, faz parte dos anseios dos profissionais questionar, por exemplo, como mudar as normas às quais os profissionais e as empresas de engenharia estão submetidos para que se alcance um aperfeiçoamento desse Sistema, tornando-o cada vez mais atualizado e útil para toda a sociedade. Esse será, então, o espaço perfeito não só para o debate, mas para a efetiva elaboração de propostas”, comenta o presidente.

Eventos preparatórios

Como acontece em todas as edições, o 10º CEP-PB será precedido por encontros microrregionais em algumas cidades do interior do Estado. Este ano, Campina Grande, Patos e Guarabira são as cidades escolhidas para receber os eventos preparatórios, que ocorrerão nos dias 2,3 e 5 de julho, respectivamente.

Segundo a coordenadora do Congresso, a engenheira Carmem Eleonôra Amorim, a intenção é contemplar, além da capital, as regiões do Brejo e Sertão paraibano. “Desta forma, descentralizamos e democratizamos a discussão de temas tão relevantes para o desenvolvimento do nosso Estado”.

 

Palestrantes

Além das discussões técnicas sobre os temas que serão abordados no Congresso, também serão realizados debates sob perspectivas mais abrangentes. Em Campina Grande, a senadora Daniella Ribeiro foi convidada para tratar sobre as inovações tecnológicas no processo de desenvolvimento econômico.

Já em Guarabira, o deputado estadual Raniery Paulino e o secretário de Estado Deusdete Queiroga tratarão sobre a governança da política de infraestrutura na Paraíba.

A formação profissional da Engenharia brasileira também entrará em pauta. Desta vez, em João Pessoa, quando o engenheiro civil Wilson Lang, presidente do Instituto Brasileiro de Avaliações e Perícias de Engenharia (Ibape), ministrará palestra. De acordo com Carmem Eleonôra, Lang é uma liderança nacional da categoria, tendo ocupado a presidência do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea).

É possível conferir a programação completa do 10º Congresso Estadual de Profissionais através do endereço eletrônico www.creapb.org.br/10cep

 

Propostas

O CEP-PB antecede o Congresso Nacional de Profissionais (CNP), que também é realizado trienalmente e este ano ocorrerá na cidade de Palmas (TO), em setembro. A coordenadora do Congresso esclarece que tanto os eventos preparatórios como a etapa de João Pessoa resultarão em propostas formais que serão encaminhadas pela Paraíba.

Carmem Eleonôra explica ainda que, com o tema “Estratégias da Engenharia e Agronomia para o Desenvolvimento Nacional”, o CEP também será responsável pela eleição de delegados que representarão o Estado da Paraíba no CNP.

Segundo a engenheira civil, para tornar-se um candidato a delegado, qualquer profissional pode apresentar trabalho de interesse do tema central ou dos cinco eixos temáticos. Eles serão avaliados por uma banca julgadora. “No dia do evento, os trabalhos aprovados serão apresentados pelos seus autores, que serão candidatos a eleição para delegados da Paraíba no 10º CNP”, comenta.

O prazo para submissão dos trabalhos é até o dia 2 de julho. As normas para apresentação dos trabalhos e mais informações sobre o evento estão disponíveis no site do Crea-PB.

 

 

Assessoria

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: