Em MG, portador de câncer em fase terminal é virtualmente curado com tratamento inédito denominado CART-Cell

cancer - Em MG, portador de câncer em fase terminal é virtualmente curado com tratamento inédito denominado CART-Cell

“Hoje, o que eu quero, de verdade, é que aconteça para todas as pessoas que passam por isso o que aconteceu com a gente.” Esse é o sentimento de Rosemary Castro, mulher de Vamberto Luiz de Castro (foto), de 64 anos.

O funcionário público aposentado é o paciente que tinha linfoma em fase terminal e agora, segundo os médicos, está “virtualmente” livre da doença. Ele teve alta neste sábado (12), após apresentar melhoras com um tratamento inédito na América Latina, baseado em uma técnica de terapia genética descoberta no exterior e conhecida como CART-Cell.

Em entrevista ao G1, Rosemary, a esposa do paciente, contou: “Deram alta mais rápido do que a gente esperava e ainda conseguimos um voo para mais cedo”. Segundo ela, o marido se recupera em casa e “está muito bem”.

Ela, o marido e o filho chegaram a Belo Horizonte no domingo (13). O paciente passou 40 dias no Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto (SP). O Programa Fantástico (TV Globo) acompanhou a saída do casal do hospital.

Antes de se submeter ao tratamento inédito, Vamberto tomava doses máximas de morfina diariamente e não conseguia mais andar. O tumor havia se espalhado pelos ossos.

No início de setembro, o corpo do paciente estava tomado por tumores. Na semana passada, no entanto, a maioria deles já havia desaparecido. E os que restam, segundo os médicos, sinalizam a evolução da terapia.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: