‘Dia D’ marca encerramento da segunda etapa da campanha contra o sarampo

dia d marca encerramento da segunda etapa da campanha contra o sarampo - ‘Dia D’ marca encerramento da segunda etapa da campanha contra o sarampo

A diarista Josélia da Silva, 48, mora no bairro Colinas do Sul, na Capital. Neste sábado (30), ela levou as três filhas de 15, 20 e 22 anos para o ‘Dia D’ da segunda etapa da Campanha de Vacinação contra o Sarampo. O que chamou atenção é que todas estavam com o cartão de vacinação em dia, com as duas doses da vacina tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola) aplicadas e, por isso, não foi preciso tomar a vacina.

“Muita gente deve pensar que dei a viagem perdida, mas, não foi nada disso. Foi ótimo saber que estamos todas em dia com a vacina, que nos deixa protegidas contra essa doença que pode até matar. E só soubemos disso, porque guardamos os cartões”, lembrou Josélia.

Já a comerciária Mayara Christina, 27, trabalha no Centro. E logo que desceu do ônibus viu a movimentação e foi até o posto de vacina. “É muito importante trazer a vacinação aqui para o Centro porque a gente ganha tempo, sem contar que tenho muito medo dessa doença”, confessou.

O motorista Josival Avelino, de 36 anos, também foi vacinado e ficou impressionado ao receber a dose. “Não dói nada. Confesso que fiquei tenso, mas, quando pensei que a enfermeira ia aplicar a vacina, ela já tinha concluído o trabalho. Também fiquei muito feliz porque agora tenho certeza que não vou adoecer de sarampo”, comemorou.

O secretário executivo de Gestão da Rede de Unidades de Saúde, da Secretaria de Estado da Saúde, Daniel Beltrammi, também destacou os benefícios da vacina. “A vacinação é a única alternativa contra o sarampo. Somente ela nos proporciona o auto-cuidado e o cuidado com quem você ama”, observou.

O ‘Dia D’ da segunda etapa da Campanha de Vacinação contra o sarampo ocorreu das 8h ao meio-dia e marcou o encerramento da campanha, iniciada no último dia 18. A primeira etapa foi realizada no período de 7 a 25 de outubro, para crianças de seis meses a menores de cinco anos.

Durante a segunda etapa, exclusiva para a vacina tríplice viral, a SES distribuiu 110 mil doses, para todos os municípios, por meio das Gerências Regionais de Saúde (GRS).

Com o encerramento da campanha, a vacina continuará disponível, em todos os Postos de Saúde espalhados nos 223 municípios paraibanos, de forma rotineira.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: