Curiosidades sobre a vida do dono da Record TV, Edir Macedo, e os seus luxos

curiosidades sobre a vida de edir macedo e os seus luxos 1 - Curiosidades sobre a vida do dono da Record TV, Edir Macedo, e os seus luxos

A revista Forbes criou um ranking da fortuna dos maiores líderes religiosos do Brasil, e ao contrário do que pregou Jesus Cristo, eles acumulam uma vasta fortuna. Estevan Hernandes Filho e a “bispa” Sônia, por exemplo, têm juntos R$ 120 milhões. Outro exemplo, R. R. Soares, aparece com R$ 250 milhões. O líder da Assembleia de Deus, Silas Malafaia, tem fortuna R$ 300 milhões e o “apóstolo” Valdemiro Santiago, ‘dono’ da Igreja Mundial do Poder de Deus chega com R$ 400 milhões. No entanto, na liderança dessa estranha lista está Edir Macedo, fundador e líder da Igreja Universal do Reino de Deus, com patrimônio estimado em R$ 2 bilhões. Confira mais detalhes sobre a fortuna do “bispo” a seguir.

Antes da fé

Edir Macedo Bezerra tem hoje 74 anos. Antes de fundar a Universal, o bispo foi, por 16 anos, funcionário público e chegou a trabalhar para o IBGE, no censo econômico de 1970. No final da década de 70, no entanto, Edir Macedo deixou a carreira de funcionário público para se dedicar integralmente à vida religiosa. Fundou a Universal em 1977, mas já era pastor desde 1974. Tem cinco irmãos e nasceu em Rio das Flores – RJ.

Leite e mel

Edir Macedo, fundador e líder da Igreja Universal do Reino de Deus, além de ser o pastor mais rico do Brasil, possui templos até nos Estados Unidos e um jato bimotor particular, de modelo Bombardier Global Express XRS, estimado em R$ 90 milhões. Macedo tem 10 milhões de livros vendidos, alguns deles extremamente críticos à Igreja Católica e a algumas religiões africanas e tantos luxos que deixaria o próprio Cristo envergonhado.

Bombardier Global Express XRS

O jatinho do “bispo”, por exemplo, é puro luxo, mas está obsoleto o pobre coitado! Hoje a versão vendida pela Bombardier é a Global6000, mas não importa. O XRS pode levar até 16 passageiros, dependendo da configuração e conta com dois motores Rolls Royce. Tem banheiro, sala de descanso, sala de conferências e alcança a velocidade de Mach 0,89 a 16.000 metros de altitude com uma velocidade média típica de 200Km/h.

Estrela de TV

Seu maior movimento aconteceu na década de 1980, quando adquiriu a rede Record, a segunda maior emissora de TV do Brasil. Além disso, é dono do jornal Folha Universal, que tem uma circulação de 2,5 milhões de exemplares, várias emissoras de rádio e do canal de notícias Record News. Seu sucesso financeiro foi tanto que influenciou uma “linhagem” de pastores dissidentes que acabaram, como seu antigo mestre, fazendo muito dinheiro.

Muitos imóveis

Acusado de usar doações de fiéis para fins particulares e comerciais, o bispo Edir Macedo e sua mulher, Ester Eunice Rangel Bezerra, são proprietários de dois apartamentos de luxo em Miami, nos EUA. Um dos imóveis de luxo nos Estados Unidos, comprado em 2006, está em nome de Ester e é avaliado em US$ 2,1 milhões. O outro, registrado em nome do casal, foi comprado em 2008 e custou US$ 4,7 milhões.

A gênese da fé

A primeira Igreja Universal foi fundada em julho de 1977 e figura hoje como o maior grupo neopentecostal do Brasil. Atualmente, a igreja tem mais de 5.000 templos, 1,8 milhão de fiéis, 10.000 pastores e está presente em cerca de 200 países. Trinta anos depois da fundação, em 2007, o bispo trabalhava na construção de uma casa de 2 mil metros quadrados em Campos do Jordão – SP no valor de R$ 6 milhões e já era dono de outra casa na mesma cidade, comprada 11 anos antes por US$ 600 mil.

A compra do cinema Império em Lisboa

Já com um número de fiéis consolidado em Portugal, o “bispo” decidiu que estava na hora de abrir um grande templo, de dimensões consideráveis. Um edifício emblemático da cidade de Lisboa: o cinema Império, na alameda D. Afonso Henriques, que tinha deixado de funcionar como cinema no final da década de 80. Macedo deu ordens para que a IURD em Portugal comprasse o edifício e acabou por fechar o negócio, comprando o imóvel por dez milhões de euros, que pagos em dinheiro.

Maior do Brasil

Além de ser a maior igreja do Brasil, com seus 100 000 metros quadrados de área construída, o Templo de Salomão, da Universal, é o endereço do criador da entidade. Ele e sua mulher, Ester, ocupam a cobertura do prédio. Nos 1 000 metros quadrados da residência oficial, há piscina coberta e jardim de inverno. Não existe fechadura na porta de entrada, cuja abertura se dá com um cartão magnético típico de hotéis.

Tem lugar pra todo mundo

Tem tanto espaço no Templo de Salomão que acabou resolvendo o problema de muita gente. Por exemplo, a filha do “bispo” Macedo, Cristiane, e seu marido, o “bispo” Renato Cardoso, fixaram residência em um apartamento de 200 metros quadrados logo abaixo da residência do pai. Ao todo, cinquenta moradias estão localizadas acima do altar. Elas são destinadas a pastores da alta cúpula e até mesmo para visitantes. Ilustres, é claro.

Tem lugar pra todo mundo

Tem tanto espaço no Templo de Salomão que acabou resolvendo o problema de muita gente. Por exemplo, a filha do “bispo” Macedo, Cristiane, e seu marido, o “bispo” Renato Cardoso, fixaram residência em um apartamento de 200 metros quadrados logo abaixo da residência do pai. Ao todo, cinquenta moradias estão localizadas acima do altar. Elas são destinadas a pastores da alta cúpula e até mesmo para visitantes. Ilustres, é claro.

Dá pra jogar bola

E não é expressão, dá mesmo! Quem for hóspede em um dos 50 apartamentos do templo, terá à sua disposição uma sala de cinema, um salão de jogos, uma piscina, uma academia e uma quadra esportiva fechada, feita com grama sintética. O interessante é que, por ser parte de uma instituição religiosa, o imóvel está isento de impostos, como por exemplo, o IPTU, e por conta disso mesmo, a assessoria de imprensa insiste em reportar que o “bispo” não tem residência fixa.

Mas o dinheiro é de quem?

curiosidades sobre a vida de edir macedo e os seus luxos 300x169 - Curiosidades sobre a vida do dono da Record TV, Edir Macedo, e os seus luxosBem, nossa legislação não permite que igrejas sejam donas de empresas de radiodifusão, mas a Record é de Edir Macedo, não da IURD, então foi ele quem desembolsou os cerca de R$ 45 milhões para comprá-la, em 1989. À Record, somam-se a TV Universal, a Rede Família e programas pagos transmitidos em outros canais, como Band, Rede TV e TV Gazeta. Outras frentes de ação são a Rede Aleluia, o portal Arca Universal, a gravadora gospel Line Records, a editora Unipro e jornais e revistas impressas espalhadas em território nacional. Definitivamente, um luxo!

Pé na tábua

A cúpula da igreja de Edir Macedo gastou R$ 18,6 milhões entre 1998 a 2008 para renovar sua frota de veículos, havendo, entre eles, carros como o Mercedes-Benz C280, Audi A3 e A4, Honda Accord e Toyota Land Cruiser. Segundo o jornal O Estado de São Paulo, naquele período, a Iurd comprou 607 veículos zero quilômetro, entre populares e de luxo, de acordo com dados da Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo, mas o maior gasto com a renovação da frota teria ocorrido em 2007, quando foram empenhados R$ 3,3 milhões.

Na terrinha também

Ora pois! Os portugueses também estão impressionados com os carros de luxo dos pastores da Igreja Universal do Reino de Deus, que vivem trocando os veículos por outros mais novos, O valor estimado de um Audi A8L, top de linha, de uso de um pastor é de 215.000 euros e há pelo menos um pastor que tem dois Audi na garagem. Lá como cá, instituições religiosas gozam de benefícios fiscais.

Quem nunca?

O que seria para os seres humanos normais, um motivo de extremo orgulho, foi para o “bispo” Macedo um motivo para entrar com um processo. Isso mesmo, através da IURD, a Forbes está sendo processada por incluir Edir Macedo em sua lista de bilionários. Os gastos do “bispo” não são alardeados por aí, mas a Forbes tem um método que permite chegar bem perto dos valores reais. E já que a filosofia da IURD não condena a prosperidade, ficamos com uma tremenda dúvida…

Luxo misterioso

Segundo a Polícia Federal e o Ministério Público, como arrecada parte de sua receita anual de R$ 1,4 bilhão em dinheiro vivo, a Igreja Universal do Reino de Deus montou um bem estruturado esquema aéreo para transportar o dinheiro país afora e até para o exterior. A empresa Alliance Jet, com sede em Sorocaba, no interior de São Paulo, é o braço aéreo do esquema da Universal. Ela tem em sua frota jatinhos potentes que cruzam oceanos e com os quais o bispo Edir Macedo, chefe da igreja, viaja aos Estados Unidos, onde mora.

Luxo misterioso

Segundo a Polícia Federal e o Ministério Público, como arrecada parte de sua receita anual de R$ 1,4 bilhão em dinheiro vivo, a Igreja Universal do Reino de Deus montou um bem estruturado esquema aéreo para transportar o dinheiro país afora e até para o exterior. A empresa Alliance Jet, com sede em Sorocaba, no interior de São Paulo, é o braço aéreo do esquema da Universal. Ela tem em sua frota jatinhos potentes que cruzam oceanos e com os quais o bispo Edir Macedo, chefe da igreja, viaja aos Estados Unidos, onde mora.

Boato!

Apesar de fake news¸ a banheira é real mesmo, custa quase um milhão de dólares e é feita mesmo de ouro. O diretor do Grupo de Tecnologia do Ouro Hang Fund, S.W. Lam, investiu cerca de U$ 38,5 milhões de dólares para banhar com toneladas de ouro toda a sua loja de joias, que fica em em Hong Kong, na China. A ideia foi a de atrair mais clientes e chamar a atenção de mais pessoas para sua loja. Cuidado, pois esse boato volta de tempos em tempos!

Alguma coisa você pode desfrutar!

Para finalizar, alguns luxos do “bispo” que você pode desfrutar, ao menos quando em visita ao templo. As poltronas do templo foram trazidas da Espanha ao custo de 2.200 reais cada e ao todo custaram 22 milhões, mármore rosa italiano e 12 oliveiras de mais de trezentos anos que vieram do Uruguai para reproduzir o Getsêmani do Monte das Oliveiras. O espaço possui também o Cenáculo, que dentro conta com um museu que traz a história dos Templos antigos, com cópias dos artefatos originais, para que os visitantes sintam-se como se estivessem nos tempos bíblicos. O lugar conta também a história da construção do templo.

Mais um pouquinho

Ao olhar para o teto você verá 10.000 lâmpadas de LED superfortes, no teto da nave principal, que tem pé-direito de 18 metros. Uma para uma das 10 mil pessoas que assistem aos cultos. Quarenta mil metros quadrados de pedras foram trazidos de uma pedreira em Hebrom, o mesmo local que foram extraídas as dos antigos templos e uma Arca da Aliança de efeito tridimensional feita de ouro foi colocada no meio do altar.

Qual a relação do “bispo” com o funk?

O hoje cantor de sucesso, o Latino, já falou em entrevistas sobre os tempos em que era menino de rua no Méier, bairro do Rio de Janeiro. “Quando eu tinha 9, 10 anos, minha mãe tinha casado com um gringo e me deixou com meu pai. Foi um momento muito difícil, meu pai tinha me expulsado de casa, eu estava morando com uma tia muito humilde em Engenho de Dentro e, quando eu ia para o centro do Méier, passava dias sem voltar para casa. Naquele momento eu cheirava muita cola”. Latino então conheceu os pastores Edir Macedo e R. R. Soares, mas até então, nada de luxo ou dinheiro, muito pelo contrário.

Latino

Apesar da gratidão atual do cantor, a relação deles começou conturbada. “Num primeiro momento, eu era muito ruim com o Edir. Jogava tomate podre neles. Eles começavam a pregar 6h, 7h da manhã e sempre acordavam a gente, então os caras tacavam tomate, ovo”. Contudo, aos poucos, a relação foi mudando e melhorando. “Depois virei o cara que intermediava os moleques de rua e os pregadores. Engraxava o sapato deles, comia os restos de comida deles. Tenho muita gratidão”.

Bons conselhos

Para o garoto que vivia pelas ruas, o “bispo” se transformou em um “porto seguro”, mas a mudança de vida do cantor só veio quando sua mãe, mesmo distante, soube de sua situação. “Ela descobriu e mandou uma passagem pros Estados Unidos. O Edir falou ‘vai, vai ser bom para você’. Se eu não tivesse seguido os conselhos deles (Macedo e R.R. Soares), talvez não tivesse seguido o caminho que segui”.

Nada a perder

Nada a perder, a polêmica cinebiografia de Edir Macedo, chegou à marca de 11.226.127 ingressos vendidos, tornando-se a maior bilheteria nacional de todos os tempos. De acordo com informações da produtora Paris Filmes, o longa dirigido por Alexandre Avancini superou o recorde de Os dez mandamentos (11.183.219), Tropa de Elite 2 (11.146.723.), Dona Flor e seus dois maridos (10.735.524), Minha mãe é uma peça 2 (9.311.431) e A Dama do Lotação (6.509.134).

Nada a Perder – Parte 2

Antes mesmo de seu lançamento, em 29 de março, o longa já contava com 4 milhões de ingressos vendidos , garantindo o posto de maior bilheteria do ano. O sucesso foi questionado, no entanto, por espectadores que testemunharam sessões praticamente vazias do filme. Assim, o longa garantiu uma sequência – Nada a Perder – Parte 2, que tenta repetir o sucesso do filme anterior e está no circuito de cinemas em 2019.

Outras bilheterias

Antes mesmo do lançamento do filme Nada a Perder, outro filme, Os Dez Mandamentos — O Filme, ultrapassou outro filme de muito sucesso, Tropa de Elite 2 de 2010 e se tornou a maior bilheteria nacional de todos os tempos até aquele ano. O longa de Alexandre Avancini, uma compilação de cenas exibidas na novela da Record, acumulou 11,216 milhões de ingressos vendidos, segundo um site de análise de mercado.

Os Dez Mandamentos

A produção de José Padilha vendeu 11,146 milhões, segundo a Agência Nacional do Cinema, a Ancine, deixando em terceiro lugar naquele ano, o clássico filme Dona Flor e Seus Dois Maridos de 1976, de Luiz Carlos Barreto. Contudo, assim como aconteceria depois com mais alarde em Nada a Perder, a impressionante bilheteria de Os Dez Mandamentos sempre foi alvo de polêmicas. O eterno inimigo do “bispo”, as organizações Globo, confirmou à época do lançamento, em janeiro, que algumas sessões não lotaram e que houve também relatos de que ingressos estariam sendo distribuídos em cultos.

Esse não terá sequência

A polêmica foi tão forte que dizem que A própria reportagem da Globo teria recebido bilhetes da igreja em São Paulo e no Rio. A Universal sempre negou estar diretamente envolvida na compra de bilhetes, embora confirme que seus grupos voluntários e projetos beneficentes apoiam “que o público em geral tenha a oportunidade de assistir ao filme.” O filme ficou no topo do ranking da bilheteria de 2016, à frente de blockbusters de Hollywood como Deadpool e Batman vs. Superman.

Fluxo de caixa

A Igreja Universal do Reino de Deus pagou à Rede Record de Televisão algo por volta de R$ 575 milhões no ano de 2016, pela compra da faixa horária da emissora nas madrugadas de segunda a domingo. Trata-se de um valor 139,58% maior que o estimado exatos dez anos antes, em 2006, quando a igreja desembolsou cerca de R$ 240 milhões pela mesma faixa diária de aproximadamente seis horas.

É muito dinheiro

Só para você ter uma ideia do crescimento do volume de dinheiro, no mesmo período a inflação segundo o IGP-M (Índice Geral de Preços – Mercado) foi de 96,34%. A Universal, por meio de sua assessoria, sempre se recusa a comentar esse tipo de informação. A alegação é sempre a de que, no contrato entre igreja e emissora, há cláusulas de confidencialidade. A Rede Record também não se manifestou e provavelmente não se manifestará a respeito.

Tudo legal

E o negócio vai de vento em popa, já que o custo da “compra” do horário pela Universal vem crescendo de forma constante há dez anos. Veja uma estimativa nesse período: 2006 – R$ 240 milhões 2011 – R$ 480 milhões 2013 – R$ 500 milhões 2015 – R$ 535 milhões. Os tais R$ 500 milhões da Universal representam aproximadamente 28% do faturamento total da Record. Cabe lembrar que, pela legislação vigente, não há nenhuma irregularidade na negociação entre igreja e emissora, ainda que sejam ligadas umbilicalmente (o líder da igreja, Edir Macedo, é o principal acionista da emissora).

As outras também fazem

Apesar de tudo, não adianta xingar o “bispo” por esse tipo de negociação, já que na comparação entre pessoas jurídicas, a relação comercial entre a Universal e a Record é semelhante à que ocorre entre as empresas de outras emissoras de televisão como o SBT, a RedeTV!, Band e Gazeta também são emissoras que garantem seu caixa com dinheiro oriundo de igrejas evangélicas, que compram faixas da programação. Embora haja muitas críticas a esse comércio de horários, não existe uma legislação (atualizada) e muito menos qualquer fiscalização que oriente essa relação.

Uma em cada cinco

E a Universal é a principal “compradora” de horários em emissoras no país. Recentemente ela começou a comprar publicidade inclusive em afiliadas da Globo. Veja que algo por volta de um quinto da programação, ou seja, uma em cada cinco horas da TV aberta brasileira hoje é ocupada por programação religiosa. Projetos que coibem ou mesmo proíbem a venda e o comércio de faixas horárias entre terceiros e emissoras abertas estão em andamento no Congresso, porém nunca evoluem graças à união e boicote sistemáticos da chamada “bancada evangélica”.

Mais curiosidades

Mais algumas curiosidades: A Igreja Universal do Reino de Deus é uma igreja cristã, evangélica neopentecostal, com sede no Templo de Salomão, na cidade de São Paulo, Brasil. Fundada em 9 de julho de 1977 no Rio de Janeiro por Edir Macedo e Romildo Ribeiro Soares, tornou-se o maior e mais representativo grupo neopentecostal brasileiro.

Pesquisas

Em 2015, de acordo com pesquisas, a Universal é a quinta instituição de maior prestígio no Brasil, a frente do Poder Judiciário e da Presidência da República. As pesquisas andam em baixa ultimamente, devido ao fiasco das últimas eleições, mas ainda assim são números expressivos. No entanto, a Universal é frequentemente alvo de críticas e controvérsias, principalmente em relação a cobrança do dízimo, que seria desviado para o enriquecimento dos pastores. No âmbito do Judiciário, tais acusações foram arquivadas pelo Supremo Tribunal Federal.

Tempos sombrios

O Brasil passou por um período tenebroso de intolerância e incentivo à política do “nós contra eles” e a Universal, claro, não escapou. Dos dois lados. Há acusações de influência política e de intolerância contra católicos e seguidores de religiões afro-brasileiras. Contudo, dados da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República divulgados em junho de 2015 apontam que também os adeptos da Universal denunciam serem vítimas de preconceito religioso.

Multi empresário

O grupo controla ainda uma variada gama de outras empresas como a Uni Line que atua na área de processamento de dados, a Frame, uma produtora de vídeo, o Banco de Crédito Metropolitano, a Unimetro Empreendimentos, a Cremo Empreendimentos, a New Tour, uma agência de viagens, a construtora Unitec, a Uni Corretora, a Life Empresarial Saúde, a Investholding Limited e a Ediminas S/A, uma fábrica de móveis sediado em Belo Horizonte que fabrica os bancos para os templos. Na França, controla uma construtora e duas agências de viagens.

Coisas boas

Contudo o dinheiro do “bispo” não vai só para luxo e empreendimentos. Em 2008, a Universal se mobilizou para ajudar os atingidos das enchentes de Santa Catarina através de doações de fiéis em todos os templos do estado, que se transformaram em pontos de entrega de mantimentos não perecíveis, de arrecadação de roupas, produtos de higiene e outras doações. Pastores, obreiros e membros se encarregaram no trabalho voluntário. Durante as enchentes e deslizamentos de terra no Rio de Janeiro em 2011, a IURD também participou dos trabalhos humanitários, arrecadando mais de 32 toneladas de donativos para as vítimas.

Até o inimigo se rendeu (quase)

Na tragédia da boate Kiss ocorrida em Santa Maria, em 2013, voluntários do Grupo Jovem ajudaram as vítimas do incêndio. Na ocasião, o jornalista William Bonner entrevistou um representante do grupo da IURD para o Jornal Nacional da Rede Globo, mas as imagens não foram ao ar. Em janeiro de 2014, as unidades da IURD do Rio de Janeiro e São Paulo organizaram doações para as vítimas das enchentes em Minas Gerais e Espírito Santo. Em São Paulo, foram arrecadadas cerca de 640 toneladas de alimentos e no Rio de Janeiro, 100 toneladas de alimentos.

A cada um segundo seus atos

No fim das contas, o que temos? Afinal, ninguém é obrigado a participar dos rituais da Igreja Universal, nem mesmo a entrar em uma. Você pode passar a vida sem sintonizar a sua TV na rede Record. Legalmente, os movimentos das empresas coligadas parecem corretos e, na verdade, qualquer um que se sentir enganado pode usar os recursos legais disponíveis, não só no Brasil como nos outros países onde a instituição funciona, mas a polêmica continuará por muito tempo, com certeza!

FONTE: Desafio Mundial

Desafio Logo 1 - Curiosidades sobre a vida do dono da Record TV, Edir Macedo, e os seus luxos

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: