Zé Maranhão reafirma construção de hospitais e reforça duplicação da BR 230 durante debate em Patos

Política

 

O candidato ao Governo do Estado pelo MDB Zé Maranhão, participou nesta quinta-feira (30) do debate da TV Sol em Patos. Maranhão apresentou com firmeza e objetividade as propostas de melhoria para a Paraíba. Uma delas é duplicação da BR 230 de Campina Grande até Patos, medida que vai garantir não só mobilidade urbana bem como desenvolvimento para o interior.
Sobre saúde pública, Maranhão destacou que aqui na Paraíba tem ocorrendo um problema muito grave: as pessoas estão precisando recorrer aos noticiários para conseguir atendimento e ressaltou a importância de fazer funcionar e não só construir: “O papel de um hospital não termina no prédio. O importante é o bom funcionamento. Muitos hospitais do estado ou não estão funcionando ou estão funcionando precariamente. Eu sou candidato a Governador para fazer funcionar o que não está funcionando.”
Numa questão direcionada ao homem do campo, Zé destacou a importância de voltar o olhar para programa de desenvolvimento da ovinocaprinocultura que, em sua gestão, gerou aumento da produção de carne e de leite.
Sobre educação, Maranhão destacou que fez muito pelo ensino profissionalizante e está convencido que a salvação para as cidades do interior é esse tipo de educação. “Temos uma metodologia de ensino superada. Há uma frustração muito grande na juventude que termina o ensino médio e não tem uma perspectiva de trabalho”, disse Zé que também lembrou da importância de valorizar os professores: “É preciso que se dê estímulo também para a formação adequada de professores. O magistério não pode ser um bico, em que o professor precisa buscar inúmeras outras atividades para complementar a renda. Vamos oferecer uma remuneração compatível com a atividade.”
A questão hídrica, um problema que assola nosso estado, também foi abordada. Para Maranhão “a solução é sim a transposição. Não adianta divagar. Não é só reter água, mas reter água de qualidade. Temos o exemplo da barragem de Araçagi, que eu construí, em Mamanguape, que abastece uma grande região e ainda vai fazer isso por muito tempo.”
Sobre segurança pública, Zé pontuou que que com os efetivos policiais diminuídos não se pode dar cobertura total principalmente as áreas mais críticas. “Vamos convocar todos os policiais que passaram em concurso público e não foram chamados. Importante também é modernizar a polícia. Evidente que os policiais também precisam ser bem remunerados. Aqui mesmo no aeroporto de Patos eu vi dois sargentos já aposentados, cansados, mas que precisam continuar trabalhando para complementar a renda.”
“Eu sou um político independente. Tive sempre nome limpo, ficha linha. Eu não tenho medo da verdade. Posso olhar no olho do povo porque aqui mesmo, em Patos, fiz uma política popular pelas necessidades do povo”, enfatizou Maranhão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *