Empresa de pesquisa eleitoral tem ligação com OS contratada pelo Governo da Paraíba

Política

 

A empresa Real Time Big Data registrou, junto ao Tribunal Regional da Paraíba, uma pesquisa eleitoral a ser divulgada em todo Estado. A empresa possui apenas cinco meses de existência e, mesmo com sede fora da Paraíba, é ao mesmo tempo contratante, pagante e realizadora da pesquisa eleitoral.

O súbito interesse pelas eleições locais pode ser explicado pela relação entre o sócio majoritário da empresa, David Clemente Monteiro Correia, e a atual gestão do Governo da Paraíba.

David Clemente Monteiro Correia é superintendente do Instituto Gerir, Organização Social (OS) responsável pela administração de alguns hospitais públicos pelo Brasil, incluindo o Hospital Geral de Taperoá e o Hospital Peregrino Filho de Patos, que são de responsabilidade do Governo Estadual.

Nos últimos cinco anos, o Instituto Gerir recebeu do Estado da Paraíba um total de R$ 208,66 mil para administrar os dois hospitais. Tais contratações, diga-se, foram realizadas na modalidade de dispensa de licitação.

Vale ressaltar que o mesmo Instituto Gerir é objeto de investigação pelo Ministério Público Federal, em Goiás, assim como uma série de denúncias de irregularidades verificadas no site da Assembleia Legislativa daquele Estado.

Não bastasse isso, dentro dos valores pagos pelo Governo da Paraíba à referida OS, foi constatada uma informação mais diretamente ligada ao sócio majoritário da empresa Real Time Big Data, David Clemente Monteiro Correia.

Mensalmente, desde o dia dois de maio de 2014, data de assinatura dos contratos, o empresário recebe R$ 25 mil para atuar tanto no hospital de Taperoá quanto no hospital de Patos. O objeto da contratação, no entanto, é absolutamente genérico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *