Paraíba recebeu mais de 140 mil turistas durante o mês de novembro

Notícias

O fluxo de turistas que visitaram o Destino Paraíba em outubro último apresentou índices positivos, segundo pesquisa mensal do Setor de Estatísticas da Empresa Paraibana de Turismo (PBTur) divulgada nesta sexta-feira (15). Um total de 140.714 hóspedes fez registros na rede hoteleira de toda a Paraíba, o que representou uma elevação de 1,78% em relação a novembro de 2016. No acumulado do ano (janeiro a novembro), foram 1.679.187 hóspedes, representando um aumento de 3,18%.

Em relação a João Pessoa, onde está instalada a maior rede hoteleira do Estado, a pesquisa registrou um total de 99.200 hóspedes, resultado superior em 1,25% na comparação com novembro de 2016. No acumulado de janeiro a novembro, foram registrados 1.134.033 hóspedes, um índice 3,37% acima do mesmo período do ano passado. No acumulado dos últimos 12 meses, a estimativa do fluxo resultou em 1.234.624, aumento de 3,06% sobre o mesmo período anterior.

De acordo com os Boletins de Ocupação Hoteleira de João Pessoa, o mês de novembro registrou uma ocupação de 77,60% dos quartos disponíveis. No acumulado de janeiro a novembro, a ocupação hoteleira foi de 65,18%, menos 0,54 ponto percentual na comparação com o mesmo período anterior. No acumulado dos últimos 12 meses, a ocupação ficou em 64,81%, menos 0,54 pontos percentuais, face ao mesmo período anterior.

A presidente da PBTur, Ruth Avelino, fez uma análise positiva dos números de novembro. A executiva paraibana explica que se deve observar que há uma crise econômica que persiste no país há dois anos e que lazer não é mais prioridade para a população. “Se você olhar do ponto de vista da população, viajar não é mais prioridade. Mas o Governo do Estado e o trade investiram na divulgação do Destino ao longo de todo o ano, nas capacitações dos agentes de viagens do Brasil e do exterior. Isso fez com que na hora de decidir para onde viajar, as pessoas optaram em vir para a Paraíba”, explicou.

Origem do Fluxo – Estados emissores
São Paulo 23,03%
Pernambuco 16,22%
Rio Grande do Norte 9,43%
Rio de Janeiro 8,66%
Distrito Federal 7,19%

Na comparação em números absolutos frente ao mesmo período anterior, São Paulo teve um acréscimo de 11,70%; Pernambuco cresceu 0,95% e Rio Grande do Norte e Rio de Janeiro apresentaram um incremento de 7,61% e 9,70%, respecitivamente.

Por Regiões- Incidência
Nordeste 39,65%
Sudeste 38,91%
Centro-Oeste 10,82%
Sul 8,78%
Norte 1,85%

O fluxo estrangeiro registrou no acumulado de janeiro a novembro uma elevação de 20,66% frente ao mesmo período de 2016. Os principais países emissores foram: Argentina (46,21%) de incidência, Estados Unidos (11,97%), Itália (6,75%), Portugal (5,63%) e Espanha( 5,61%).

Secom Paraíba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *