Dnocs começa a soltar água de Boqueirão para Acauã

Notícias Vídeos

 

 

A Agência de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa) anunciou que vai liberar água do açude Epitácio Pessoa (Boqueirão) para o açude Argemiro de Figueiredo (Acauã). Nesta sexta-feira (2), a seccional paraibana do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs-PB) fez um teste inicial de abertura das válvulas dispersoras de água. Pessoas ligadas ao serviço gravaram um vídeo do funcionamento do sistema.

Segundo o coordenador do Dnocs-PB, Alberto Gomes Batista, o teste foi um sucesso e ocorreu dentro dos padrões esperados. Ele afirmou que o teste definitivo deverá ocorrer na próxima semana, em data a ser definida. Um técnico da empresa fornecedora das válvulas virá de São Paulo para acompanhar o teste final.

“Quando estiver tudo ‘ok’, comunicaremos à Agência Nacional de Águas, que dará a outorga e determinará qual será a vazão liberada e por qual período”, disse Alberto.

Questionado sobre a polêmica gerada entre a população beneficiada pela água de Boqueirão e a classe política, situação em que há discordâncias quanto à liberação da água, Alberto Gomes disse que para se manter a segurança hídrica do reservatório fornecedor “a conta é simples: o que entra da transposição e das chuvas tem que ser maior do que o que vai sair”, simplificou.

O açude de Boqueirão, que tem recebido água do Rio São Francisco, tem capacidade para 411.686.287 metros cúbicos. Em medição feita nesta sexta-feira, o reservatório demonstrou volume total de 50.620.075 metros cúbicos, representando 12,30% de sua capacidade.

Já o açude de Acauã, que tem capacidade para 253 milhões de metros cúbicos de água, demonstrou, em medição feita também nesta sexta, volume total de 7.857.236 metros cúbicos, o que representa apenas 3,11% de sua capacidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *