Em nota, Governo vê divulgação criminosa por parte da imprensa e nega a existência de codificados

Destaque Política

NOTA

GOVERNO DO ESTADO

 

 

Diante da divulgação criminosa por parte da imprensa de uma falsa lista de “codificados” no Estado, é imperioso esclarecer para restabelecer a verdade que:

 

  1. Não existem mais codificados no Estado. Codificado era uma relação sem registro oficial, sem registro previdenciário e sem controle do Tribunal de Contas do Estado (TCE). Este governo acabou com este modelo que acobertava uma das maiores corrupções que sangrava a folha de pessoal desviando dinheiro;

 

  1. A lista divulgada é uma fraude, pois, como o próprio Banco do Brasil afirmou em nota, é uma lista de servidores identificados que recebem pelo Banco, incluindo efetivos. A divulgação dessa lista não sendo de “pessoas codificadas” é um crime cometido por setores que nos fazem oposição, sob interesses eleitorais, sendo deles já condenados em ações judiciais anteriores;

 

  1. Este governo adotou um modelo rigoroso de controle do trabalho de todos os servidores que recebem por produtividade, encaminhando mensalmente, inclusive, a lista ao TCE, capaz de identificar rapidamente onde e como cada um trabalha;

 

  1. E desafia a qualquer outra gestão a superar o número de 14 mil servidores contratados após aprovação em concurso público;

 

  1. Por fim, recomendamos às pessoas violentadas e abusivamente expostas a processarem os criminosos que cometeram a fraude da informação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *